Venerável Buddhadasa Bhikkhu (1906 - 1993)




Tan Ajahn Buddhadasa

In Memoriam

1906 - 1993

Buddhadasa Bhikkhu (o Escravo do Buddha) tornou-se um bhikkhu (monge buddhista) em 1926, com a idade de 20 anos. Após alguns anos de estudo em Bangkok, sentiu-se inspirado a viver perto da natureza, de maneira a investigar o Buddha-Dhamma. Estabeleceu, então, Suan Mokkhabalarama (O Jardim do Poder da Libertação) em 1932, perto de sua cidade natal. Na época, ele era o único Centro de Dhamma na Floresta e um dos poucos lugares dedicados a vipassana (o cultivo mental que leva ao "ver claramente" a realidade) no sul da Thailândia. O reconhecimento de Buddhadasa Bhikkhu, sua obra e Suan Mokkh, espalhou-se no correr dos anos, de forma que agora eles são facilmente descritos como "um dos eventos mais influentes da história buddhista da Thailândia". Mencionamos aqui apenas alguns dos serviços mais interessantes que prestou ao Buddhismo.

Ajahn Buddhadasa trabalhou incansavelmente a fim de estabelecer e explicar os princípios corretos e essenciais do Buddhismo original. Seu trabalho foi baseado em extensa pesquisa dos textos pali (cânon e comentário), especialmente dos Discursos do Buddha (sutta pitaka), seguido de experimento e prática pessoal com estes ensinamentos. A seguir, ensinava o que quer que ele pudesse verdadeiramente dizer que eliminasse dukkha. Seu objetivo foi sempre o de produzir um conjunto completo de referências para a pesquisa e prática, presente e futura. Sua abordagem foi sempre científica, direta e prática.

Embora sua educação formal tenha chegado apenas ao sétimo grau e começo dos estudos pali, a ele foi conferido cinco doutorados pelas universidades thailandesas. Seus livros, tanto escritos quanto transcritos a partir de suas palestras, enchem uma sala da Biblioteca nacional e influencia todos os buddhistas thailandeses sérios.

Elementos progressistas na sociedade thailandesa, especialmente os jovens, têm se inspirado em seus ensinamentos e exemplo altruístico. Desde os anos 60, ativistas e pensadores nas áreas de educação, bem-estar social e desenvolvimento rural têm confiado em seu ensinamento e conselho.

Desde a fundação de Suan Mokkh, ele estudou todas as escolas do Buddhismo, bem como as principais tradições religiosas. Seu interesse é prático mais que acadêmico. Buscou unir todas as pessoas genuinamente religiosas de forma a trabalharem juntas a fim de ajudar a libertar a humanidade do egoísmo destruidor. Esta abertura da mente fez com que conquistasse amigos e alunos em todo o mundo, incluindo cristãos, muçulmanos, hindus e sikhs.

Nos últimos anos ele focou suas energias em seu último projeto, o estabelecimento do International Dhamma Hermitage. Este acréscimo a Suan Mokkh tem a intenção de prover facilidades para:

· Cursos que introduzam amigos, estrangeiros e thailandeses, à verdade natural explicada nos ensinamentos do Buddha e os iniciem no sistema de cultivo mental do Buddha.
· Reunir representantes das diferentes comunidades religiosas da Thailândia (e depois do mundo) de maneira a desenvolver um bom entendimento mútuo e cooperar na paz mundial.
· Reunir os buddhistas ao redor do mundo a fim de discutir e chegar a um acordo sobre o "Coração do Buddhismo".

Resultados práticos devem depender da Lei Natural, e enquanto isso, os ensinamentos de Ajahn Buddhadasa, agora através de seus colaboradores, continuam a explorar o potencial das ações sábias vigilantes em harmonia com a Natureza, de acordo com a Lei da Natureza.

Tan Ajahn morreu em 1993, mas sua obra permanece como uma luz a indicar o caminho para todos os sérios buscadores da verdade. A Comunidade Nalanda de Buddhismo Theravada é um dos centros reconhecidos no mundo, o único da América do Sul, a continuar nessa exploração segundo suas diretrizes e dar continuidade ao seu pensamento.


Não deixe de visitar o novo site de Tan Ajahn Buddhadasa em português!