Céu Azul Verde Mar: Noções sobre o Buddhismo Coreano
Autor: Ricardo Sasaki
Edição Impressa:
76 p. Edições Nalanda, 2005 | Valor: R$ 30,00
Edição Ebook:
Edição ebook pela Amazon
Edições Nalanda, 2005 | Valor: R$ 9,66

É um prazer informar a republicação, agora em formato ebook, do livro “Céu Azul Verde Mar: Noções sobre o Budismo Coreano”, dedicado a apresentar alguns conceitos sobre o Budismo na Coréia, bem como sua história. Tomando como base um verso da tradição do Budismo Zen , ele foi escrito numa mescla de exposição histórica e experiências pessoais, com o objetivo de não ser apenas uma apresentação fria e seca de conceitos buddhistas, mas dar um toque de pessoalidade à história.

compre a edição impressa

compre o ebook na Amazon.com.br

Como ler um ebook


O Buddhismo Coreano é uma das formas mais interessantes que tomou o ensinamento do Buddha nas terras asiáticas. Tendo em sua milenar história eruditos notáveis, monges dedicados e fiéis devotos, o Buddhismo que floresceu na Coréia possui características únicas. O compromisso de seus representantes em compreender profundamente a herança chinesa que receberam e resolver as dificuldades filosóficas que se evidenciaram durante o processo de transmissão dotou o Buddhismo Coreano de uma tonalidade conciliatória e sintética, disposta a levar às últimas conseqüências a análise detalhada dos textos e doutrinas herdadas a fim de encontrar o ponto em comum entre elas.

Conhecida como t’ong pulgyo (“Buddhismo interpenetrado”), essa é uma das características marcantes desse Buddhismo que se desenvolveu encaixado entre duas poderosas forças, o Buddhismo Chinês e o Japonês. A constante busca de conciliação doutrinal entre todas as formas de Buddhismo desenvolvidas na Índia e na China torna o Buddhismo Coreano especialmente interessante na época multiculturalista em que vivemos. Neste livro, Ricardo Sasaki alinhava, em quinze capítulos, sua experiência pessoal no Buddhismo Coreano com a descrição histórica de seu desenvolvimento. Um poema inicial se torna o fio condutor que levará o leitor a descobrir um novo mundo de significado.

Eis o verso que permeia o conteúdo de “Céu Azul, Verde Mar”:

“O Céu Azul e o Verde Mar
São a Face Original do Buddha.
O som da cachoeira e o canto do pássaro
São as grandes escrituras.
Onde você está indo?
Olhe os seus passos.
A água flui para o mar
As nuvens flutuam em direção aos céus”.

Os 15 capítulos, então, se desenvolvem a partir daí, em quatro partes:
Parte 1 – Céu Azul e Verde Mar

Capítulo I: Sem Tempo para Perder

Capítulo II: A mente zen é a mente de todos os dias

Capítulo III: Encontrando o Ponto Primário

Capítulo IV: A Face Original do Buddha

Parte 2 – A Cachoeira e o Canto do Pássaro

Capítulo V: O Buddhismo chega na Coréia

Capítulo VI: Wônhyo

Capítulo VII: A Grinalda de Flores

Capítulo VIII: – O Significado da Experiência

Parte 3 – Onde Você Está Indo?

Capítulo IX: O Período Unificado de Silla

Capítulo X: O Período Koryô

Capítulo XI: O Período Choson/Yi

Parte 4 – As Águas Fluem para o Mar

Capítulo XII: Primeira Mente

Capítulo XIII: Por que Cantar?

Capítulo XIV: Mente Clara – Não Sei

Capítulo XV: A Água Flui para o Mar

 


Ótima literatura para os que já possuem algum conhecimento sobre o buddhismo. Nos dá um panorama mais amplo de como os ensinamentos de Buddha se disseminaram na Ásia, em especial na Coreia, China e Japão. Muito rico em detalhes.

 

O mérito da obra em minha opinião está em conseguir transportar o leitor para a atmosfera dos templos e mestres. Gostei.

 

Já li a edição em papel deste livro e recomendo fortemente para aqueles que desejam entender a formação filosófica e liturgica do Buddhismo em terras coreanas. Muito se fala sobre as escolas chinesas e japonesas do buddhismo por essas terem sido amplamente divulgadas e discutidas por muitos autores ocidentais, mas o Buddhismo coreano, infelizmente relevado a segundo plano em termos de divulgação no ocidente, possui características muito especiais que se traduzem em entendimentos profundos das escrituras e nas estruturas das cerimônias de cada escola. Para os que gostam de história ou mesmo sejam simpatizantes do Buddhismo, não importando a qual escola ou tradição pertençam, é um livro para ser lido, sem dúvida alguma.

 

Uma leitura muito agradável, reune história do buddhismo, memórias do autor de sua experiência com o buddhismo coreano e ainda ensinamentos que tocam ao coração.


Comprou, leu e gostou do livro? Se você escrever uma avaliação no site da Amazon e nos avisar, nós mandaremos um ebook gratuito sobre Buddhismo no formato que você desejar.


Quer saber sobre novos lançamentos? Inscreva-se em nosso boletim para receber notícias por email sobre novos textos selecionados, eventos, cursos online e lançamentos de livros. Enviamos no máximo 1 email por semana.

Nome Completo (necessário)

Seu Email (necessário)


Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada
captcha

Sua Mensagem (opcional)


 

3 COMMENTS

  1. Li o livro “Ceu Azul Verde Mar” em 2005, logo após um Work Shop com o Prof.Ricardo Sasaki. Gostei muito, e lerei novamente.

Deixe uma resposta